sábado, 16 de junho de 2018

Pingente Antigo Baianinha de Prata


Comprei de uma amiga este pingente antigo "baianinha de prata", foi meio caro, mas, não pude deixar de comprar, afinal é uma peça super bonita, delicadíssima, antiga e eu fiquei apaixonado, "de quatro" pela baianinha.
Não sei se a peça é um pingente para ser usado em uma corrente de prata ao pescoço, ou se fez parte de uma antiga pulseira, daquelas de creoulas baianas antigas e que tinha "de um tudo pendurado", mas, para as duas coisas ela serve.
A baiana é um luxo, super bem feita em prata lavrada, com detalhes impressionantes para a dimensão que tem. A peça é articulada por um parafuso cego que dá movimento à cintura da baiana e...ela samba pra lá e pra cá, rebola, mexe. Uma loucura a danada!
Os detalhes são ótimos, o rosto de riso largo, os brincos de bolota nas orelhas, colar ao pescoço, o torso à cabeça encimado por um cesto, a blusa/bata rendada, pulseiras e braceletes nos braços, a saia rendada e sandalinha alta nos pézinhos. Faceira é pouco. Ela é um luxo só!!!
O que é que essa baianinha tem??? Tem tudo! 
Incrivelmente nos seus 2 cm ela tem traz toda a elegância das antigas baianas.
"Olha essa mulata quando dança é luxo só,
Quando todo o seu corpo se embalança é luxo só..."






A peça deve ser obra de algum dos inúmeros ourives - anônimos e talentosíssimos  - que existiam na velha Bahia de meu deus!


 Na vitrine, enfiei a baianinha no gargalo sem tampa de um vidrinho de perfume. Está repousando ou sambando lá, por enquanto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário