domingo, 21 de maio de 2017

Carmen Mayrink Veiga e o Duque e Duquesa de Kent


Foto do livro de memórias de Ricardo Amaral "Vaudeville".
Legenda da foto: "Para recepcioná-los, ninguém melhor que Carmen Mayrink Veiga."


E Carmen neste dia e para variar, estava escandalosamente deslumbrante!!!!

Ilustração de Maria Eugênia . 2000

 Ilustração linda de Maria Eugênia para uma crônica de Arnaldo Jabor no jornal Folha de São Paulo, agosto de 2000.
Ainda bem que eu guardei essas maravilhas de desenhos! Tem compulsão que é boa, benéfica, KKK



Cartinha de dona Escolástica Basília de Seixas





Na falta do que fazer ou procurando o que fazer e criando algum mote para muitas risadas eu e um amigo meu - como já contei aqui - nos correspondíamos sob pseudônimos ou usávamos nomes reais que achávamos engraçados. 
Esta cartinha me foi escrita por dona Escolástica Basília de Seixas - KKKKK - e eu a recebi como sendo Leocádia - KKKKK - e devo tê-la respondido à altura com outro nome pomposo e hilário para cairmos na risadaria. KKKKK
Saudade do meu amigo, ele faleceu esse ano e, agora, estou sem correspondência, se bem que, depois do advento da internet KKKKK praticamente paramos com este hábito das missivas enlouquecidas que escrevíamos.
Endívia. Adorávamos as endívias. Roxas, é claro! 

Postal do Porto da Barra . Anos 70


Postal dos anos 70, acho. 
A parte da praia que eu ficava com minha turma e todo "o pessoal legal"dessa época, era a do outro lado, mais pro Forte de São Diogo. Esta parte aqui, onde está essa baiana ótima, era considerada careta. Ninguém do "barato legal" vinha, a fechação era do outro lado.


sábado, 20 de maio de 2017

Zózimo Barrozo do Amaral . Anúncio em O Globo








Acabei de ler o livro sobre Zózimo Barrozo do Amaral escrito por Joaquim Ferreira dos Santos, no qual o autor foi exaustivo ao coletar os dados sobre a vida do jornalista e fez um relato perfeito e uma sincera homenagem àquele que eu e mil outros leitores adorávamos ler, no Jornal do Brasil e depois em O Globo. As notícias que ele dava eram ótimas e escritas por ele eram melhores ainda, econômico nas palavras, direto, engraçado, elegante. Uma delícia ler o texto dele.
Zózimo adorava Carmen Mayrink Veiga que era uma presença constante nas colunas, sempre em fotos sensacionais e, muitas delas, eu já coloquei aqui. Aliás, um dos motivos para acompanhar a coluna era ver as mulheres elegantes da alta sociedade carioca.
Mexendo nos meus jornais velhos, encontrei este anúncio miudinho, tipo tijolinho, da coluna de Zózimo. É de setembro de 1996. Achei uma gracinha, escaneei e aqui está ele. É mais um pouquinho de Zózimo aqui no meu blog.
Uma coisa triste foi eu ficar sabendo, através do livro, que Zózimo morreu com apenas 56 anos! Morreu jovem como jovem foi o seu texto.

Carmen Mayrink Veiga . Dicas de Carmen 6


Mais três colunas de Carmen Mayrink Veiga para o Jornal O Dia, ano 2000.









terça-feira, 16 de maio de 2017

Menina Antiguinha e Anônima


 Mais uma foto dos guardados de minha avó do Rio de Janeiro e que ninguém sabe, hoje, quem teria sido. Eu suponho que as fotos sejam de alguma família amiga na época e os rastros que ficaram dessa proximidade são as suas imagens anônimas. Scenas mudas.
Barreto, local onde ficava o estúdio fotográfico, é um bairro que fica entre Nictheroy e São Gonçalo. Pelo que me lembro acho que a geografia é esta.
 A criancinha super lindinha - é uma menina - foi levada ao estúdio para fazer a pose clássica dos bebês da época. 
Adorei o sapatinho de tricô.



segunda-feira, 15 de maio de 2017

Telefone de Latinha


Ilustração de algum livrinho para creanças.



Frasquinho de Perfume


Ganhei este vidrinho de perfume redondinho, tipo disco voador, mas não sei qual marca de perfume e qual fragrância continha ele, se vagabunda ou chic, não sei. Achei bonitinho o frasquinho e gostei do azul do vidro.


 E agora ele está na vitrine da minha cristeleira apoiado na borda de uma taça Saint Louis. 
O entulho está formado!



Bela Carmen!


Foto de Carmen Mayrink Veiga do livro de memórias de Ricardo Amaral, "Vaudeville".

domingo, 14 de maio de 2017

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Mar do Japão e o Fuji


Ilustração em uma contracapa de livro, propaganda de "Uma jovem japonesa...Um rapaz americano".
Navio com a bandeira do Japão, fumaça negra e, o ao fundo, o branco do Fuji.
Muito bonitinho!

BB . Boulevard du Rhum . 1971


BB em Boulevard du Rhum, o penúltimo filme da atriz, para mim, a mais linda, a mais elegante, a mais naturalmente chique e, ainda mais, a adoradora e protetora  de todos os animais.
Ai, BB!!!!
A foto é do Face.