domingo, 18 de fevereiro de 2018

Yara Andrade
















Essa matéria com Yara Andrade é de 1988, revista Interview, texto de Michael Koellreuter e fotos de Paulo Sabugosa
Das muitas revistas que eu tinha, selecionei várias matérias que me interessaram por um motivo ou por outro e joguei o resto fora, pois haja espaço pra guardar papel, as minhas queridas revistas velhas. Moro quase sempre em apartamentos pequenos - "infelizmente sou da classe média", como diz os versos da canção de Lamartine Babo - nada que se compare a essa apê magnífico de Yara Andrade onde eu teria, é claro, espaço de sobra pra estocar muito papel velho. Mas...
O que me fez guardar mesmo esta matéria, foi o fato de eu saber que a d. Yara foi a grande amiga de Carmen Mayrink Veiga por anos a fio. Desde o final dos anos 70 que via nas revistas e jornais as duas empencadas, lindas, elegantérrimas, felizes e aos risos pelo Brasil e pelo mundo. Acho que as duas se afinaram ou se afinavam em muitas coisa. Carmen era amiga de todas, estava sempre com muitas amigas, mas, com Yara parece que a amizade era diferente, tipo duas irmãs e daquelas que realmente se gostam.
Na época da doença e da morte de Guilherme Guimarães, li, em Hilde - só poderia ser lá - que d. Yara foi a amiga que ficou ao seu lado até o fim e que Carmen, outra grande amiga e musa do costureiro lhe fornecia alimentação! A dupla feliz Carmen/Yara, na doença do amigo souberam também se unir e serem presentes e solidárias. Achei isso mais que legal. Corretíssimo.
Não sei se Yara Andrade chegou a ser musa do grande costureiro brasileiro Guilherme Guimarães como foram Carmen Mayrink Veiga, Christiana Neves da Rocha e Tonia Carrero, mas que Yara Andrade foi uma fada para ele, isto ela foi!
Abaixo, algumas fotos de Yara Andrade com a amiga Carmen que eu já tinha postado aqui no blog.









E o trio mais que elegante: Josephina Jordan, Carmen Mayrink Veiga e Yara Andrade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário