sábado, 1 de abril de 2017

Passeio Antiguinho . Uma Farmácia com Mural de Carlos Bastos


 Fiquei em estado de choque quando entrei ontem em uma farmácia do bairro do Comércio, na Cidade Baixa, e me deparei com um enorme painel do pintor baiano Carlos Bastos, datado de 1961, ao fundo e atrás de prateleiras e mais prateleiras de caixas de remédios. Quase que aproveitei que estava em uma pharmácia para comprar uma Maracujina e tomar ali mesmo pra me acalmar, me refazer do susto.
Suponho que naquele local deveria ter funcionado algum grande banco ou uma instituição pública, já que o artista fez muitos painéis e murais para grandes empresas particulares e órgãos públicos de Salvador. Este mural deveria fazer parte de um grande saguão e serveria nobremente como decoração do ambiente. Agora, está relegado e se adequando a um fundo de loja comercial, onde, o que interessa são os produtos em exposição e venda, no caso, medicamentos. 
Pedi para fotografar e fiz estas fotos - de qualquer jeito - só para registrar o espanto. Notei que a pintura ou estava muito bem conservada, ou deveria ter sido muito bem restaurada, pois não notei aquele macaqueamento de restauro de carregação, feito de qualquer jeito.
E é isso, mais uma história do nosso non sense diário nesta cidade de meu deus. E haja Maracujina pra aguentar esses absurdos.











Nenhum comentário:

Postar um comentário